Museu do Arroz











Consagrar a orizicultura e dar a conhecer um pouco mais da tradição da região foi o grande objetivo que determinou a fundação do Museu do Arroz. Neste espaço cultural é possível recuar no tempo e compreender melhor a importância deste cereal para a história da Herdade da Comporta.

As instalações situam-se numa antiga fábrica de descasque de arroz, datada de 1952, data do início do descasque na Comporta. Este edifício possui igualmente instalações para um restaurante, de longa tradição na região e denominado «Museu do Arroz», com todas as valências exigidas no campo da restauração. 

Além desta fábrica existiam várias oficinas, com um acervo de instrumentos de serralharia e carpintaria, e uma oficina sidero-técnica de forjador, direta ou indiretamente relacionadas com o cultivo do arroz. Tinham a seu cargo a manutenção da fábrica, das habitações dos trabalhadores especializados e do escritório, da cantina, do talho, da padaria, da barbearia, da casa da costura, da igreja, e contribuíam para a realização de instrumentos e viaturas para o cultivo do cereal e outras atividades agrícolas (pecuária e produtos hortícolas), para o fabrico de moldes de marcos de cimento para delimitar o território e para a realização da maioria dos instrumentos oficinais. Até aos finais dos anos 60, a Herdade tinha uma economia de autossuficiência. Encontrando-se distante dos centros urbanos e com poucos meios de comunicação, a comunidade vivia fechada sobre si, fazendo parte da terra, que foi sendo comprada por diferentes grupos económicos.

A criação deste museu justifica-se por razões de ordem científica, social, cultural, económica e estratégica, relativamente às perspetivas de desenvolvimento futuro da região. O Museu constitui um destacado equipamento cultural que consagra a orizicultura, tanto como tema central na leitura da identidade da região, como fator de dinâmicas culturais positivas para as sociedades locais.
 
HORÁRIO ESPAÇO MUSEOLÓGICO "MUSEU DO ARROZ" 

As visitas ao Museu do Arroz encontram-se temporariamente sob marcação  e apenas para grupos superiores a 10 pessoas.

Existe a possiblidade de marcação de visitas conjuntas ao Museu do Arroz e Ruínas romanas de Tróia.



·         Duração da visita ao Museu: 45 m

·         Duração da visita às Ruínas: 1H30




CONTACTOS:


Tel: (+351) 265 499 900
museudoarroz@herdadedacomporta.pt


voltar